Como a mídia influencia a maneira como as pessoas se comportam?

2/21/2017 Lenny Iwatani 14 Comments

A influência da mídia está ficando cada vez mais forte com o passar do tempo.
Devido a isso, a concorrência entre produtores e anunciantes fica mais difícil como eles tentam chegar a novas formas de capturar a atenção das pessoas através de seus jornais, revistas, filmes, shows e comerciais.



O impacto das mídias sociais na nossa capacidade de interagir e comunicar é visível em todas as áreas da sociedade, então o que isso significa para a comunicação interpessoal? As mídias sociais certamente afetam o modo como nos relacionamos. Em vez de interação face a face, preferimos enviar e-mails do que encontrar-nos, preferimos o texto do que falar ao telefone. "Três questões-chave estão surgindo sobre o papel que a mídia social agora desempenha nos estilos de comunicação das pessoas, à medida que nos comunicamos através das mídias sociais, tentamos confiar nas pessoas do outro lado da comunicação. Vamos interagir com pessoas que concordam com nosso ponto por sinal.

Se você notou, a velocidade com que as notícias viaja ao redor do mundo tornou-se mais rápido com o desenvolvimento e avanço na tecnologia.
Tudo está evoluindo dependendo da demanda das pessoas. A mídia realmente pode influenciar as pessoas de diferentes maneiras, mas a questão premente é a seguinte: como a mídia influencia a maneira como as pessoas se comportam?

Benéfico Ou prejudicial para a sociedade?
No entanto, hoje, se somos tão dependentes dessas novas ferramentas é que derivam muitos benefícios. O acesso à informação nunca foi tão fácil, conforme detalhado acima de cada um de nós pode até mesmo participar na construção ou divulgação de informações.

A informação é disseminada a uma velocidade vertiginosa, e as tendências estão ao redor do mundo.


A partilha de conhecimentos, de troca de opiniões ou ideias de confronto convergente deve permitir que essas redes para ser uma ferramenta quase essencial para o desenvolvimento do humano. Por outro lado, muitos estão experimentando uma preocupação legítima sobre a dependência que temos para com essas redes. sim benéficas, mas a que preço e em que medida?

Pode ser uma pessoa diferente:
Uma forma de anonimato que nos deixa a oportunidade de se tornar outra pessoa. Tudo o que podemos afirmar na vida real, você pode fazê-lo nessas redes sociais. Sobre temas de uma pequena sociedade delicada (por exemplo, a discriminação), as discussões são muitas vezes tão severa quanto as pessoas são anônimas.

Não há outra maneira de viver uma segunda vida. Uma vez que estamos nessa rede a estar em contato com os seus amigos, não é anônimo. No entanto, podemos jogar com a nossa identidade, criar, controlar o que você quer ser ou o que queremos guardar para nós. Você se tornar a pessoa que quer ser.
O Facebook relata que cerca de 10% dos perfis de usuários são contas falsas. Existem três classificações de contas falsas - contas duplicadas, contas de usuário mal classificadas e o que eles chamam de contas "indesejáveis". Muitos aplicativos de namoro exigem uma conta do Facebook para criar um perfil. Embora seja difícil rastrear relatórios transparentes de contas falsas em aplicativos e sites de namoro, alguns relatórios sugerem que um em cada dez perfis em sites ou aplicativos de namoro são falsos.

Quando os papéis são invertidos, no ser humano para o seu desenvolvimento e não vice-versa?
Há alguns programas de televisão e filmes que tentam criar uma atmosfera para mudar a visão das pessoas para questões sociais como a discriminação racial. Esses programas provocam críticas e tendem a enganar o quadro da realidade. Na mente de outras pessoas, o efeito pode ser para melhor, mas alguns, infelizmente, para pior.



14 comentários:

  1. Eu acredito que a mídia influência tanto as pessoas que a gente acaba sendo refém das mídias, pois tudo o que acontece a mídia está presente, a tecnologia é boa mas as vezes ela atrapalha, as vezes a mídia expõe a vida pessoal da pessoa em público. E as pessoas sabem que são influenciadas que não ligam mais, pois a influência já tomou conta. Também acho que alguns programas tentam mudar a visão das pessoas precisamos ficar atento, Leny bjs.

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Verdade!!
    Hojem com a internet tudo é muito rapido.
    E muitas vezes notícias falsas são plantadas como se fossem verdades e a população por ser fluenciavel acaba ajudar a disserminar notícias falsas. E também acabam acreditando nelas...
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. A Internet é boa, o pior é quando as noticia que lança, é mentira!

    Gostei de ler

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Muito bacana você discutir sobre isso! Tudo tem seu lado bom e o ruim, e com a internet e as redes sociais não poderia ser diferente, né?! Na minha profissão, por exemplo, ajudou muito para pesquisar sobre os assuntos que precisamos retratar nas matérias. Ao mesmo tempo, milhões de jornalistas estão sendo demitidos das redações.

    ResponderExcluir
  5. O texto é bem reflexivo Leny! Eu nunca tinha parado pra pensar em como nossa comunicação depois da mídia ficou rarefeita!Tudo muito indireto e frio.Tudo rápido , estilo fast food!
    Viramos juízes nas redes sociais, podemos ser quem queremos ser.O que está acontecendo?
    Os aniversários são lembrados pq a rede social nos informa! Não tem mais abraços, ligaçòes ou ir visitar!

    ResponderExcluir
  6. Somos influenciados o tempo todo pela mídia, mesmo que sutilmente. De uma forma ou de outra sempre acabamos reféns, pois é algo que se dissemina através das pessoas. É assustador quando descobrimos que os amigos mais próximos são os que conversamos diariamente pelo zap ou face hehe Essas estatísticas dos perfis falsos são realmente assustadoras e pode ser perigoso também. Acredito que tudo tem seu lado bom e ruim, vai depender da maturidade com que encaramos a tecnologia.

    *☆* Sorteio rolando no blog. Participem. *☆*

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Você tocou em um assunto muito importante. A maneira como a mídia afeta as pessoas hoje em dia, infelizmente, ainda é pouco explorado. Em alguns casos fica nítido que o papel da mídia é tentar mudar a cabeça da sociedade, levar certo acontecimento como normal ou unânime. Porém, os benéficos advindo da internet também são notáveis. A mídia consegue passar informações muito importante em segundos e isto de certa forma acalenta a sociedade, que sempre confia naquele ditado "notícias ruins chegam logo".
    Infelizmente, nem todas pessoas sabem usar a ferramenta a seu favor e os casos de preconceitos na internet só crescem de forma absurda. O fato de estarem "escondidas" fazem algumas pessoas se revelarem e isto é triste.
    Creio que o problema não seja a mídia em si e sim a maneira como as pessoas a utilizam. Se eu tiver caráter não vou sair disseminando coisas ruins por aí. Se eu tiver opinião não vou deixar ser controlado por pensamentos que são vazios. Tudo depende do ser humano. Ótimo post para discussão!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. A mídia tem um impacto tão grande em nossas vidas que, vendo em âmbitos de redes sociais, se o facebook ficar fora de rede muita gente entra em um verdadeiro caos. Usufruímos do fluxo de informações das mídias para divulgar nosso trabalho e até nos mantermos atualizado mas quando começa a passar disso, ah, vira a bagunça manipulativa que temos hoje em dia. Para ser mais exata, temos aí a Deep Web, que é tão profunda que obscura que não entendo como tem gente que discute assuntos ilegais e imorais por lá. Se as pessoas que passam o dia inteiro enfiadas na internet acham que foram fundo demais, sinto dizer, não chegaram ao fundo que é a deep web em si. O lado horroroso da mídia. A abominação em si. Tem que ter muito foco e cabeça forte para manter-se saudável na mídia.
    Adorei o post, Lenny. Um ótimo post de utilidade pública. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, somos reféns com certeza da mídia, pois como você mesmo disse hoje em dia a grande maioria só se fala através de redes sociais e muito menos são poucos aqueles que fazem ligações. É um assunto muito importante para ser falado (abordado) principalmente para as crianças que já crescem no meio de tanta tecnologia. Gostei bastante do assunto de hoje.

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Adorei a forma como expôs vários pontos de vista. De facto, um excelente tema para reflectir!

    ResponderExcluir
  11. Gostei do texto. Hoje em dia recebemos tantas informações diariamente, que muitas vezes fica difícil filtrar. Apesar de ser ótimo que as notícias sejam passadas com tanta rapidez, também estamos reféns da manipulação E divulgação de informações falsas.
    Além disso tudo, também tem o fato das mídias sociais serem capazes de nos conectar com muitas pessoas ao mesmo tempo, porém, nos distancia daquilo que está perto de nós.
    Acho um assunto muito extenso e muitos pontos a serem falados/debatidos.
    Muito legal você tratar desse tema!

    Beijos,
    Mayelle | www.infinitosdetalhes.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Lenny! Gostei muito do seu post, a mídia é tão poderosa que ela ao mesmo tempo que deixa uma pessoa lá no auge ela também destrói em questão de segundos, o mesmo serve nas redes sociais onde muitos falam o que quer e são tão sinceros sem ao menos saber o que é verdade ou não... Seu tema é super atual e importante. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Olá, adorei seu post e concordo com o que disse. Ultimamente as mídias sociais tem tido muita influencia no nosso dia a dia e em como nos relacionamos com as pessoas. Tem amigos meus que não vejo a anos e sempre falo por redes sociais e isso parece que é o suficiente, nos iludimos achando que está tudo bem mas não, precisamos do contato olho a olho, cara a cara. Estamos regredindo, essa é a verdade!

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  14. Penso que tudo na vida tem o lado bom e o lado ruim, basta saber dosar. Hoje quem não tem uma conta no facebook por exemplo é visto como alguém sem identidade. Mas não podemo deixar de lado a relação face a face, a amizade real. Os risos sinceros, porque postar uma foto linda e um sorriso falso é fácil né? Adorei o post!

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir

Sinta-se livre para compartilhar seus pensamentos, dicas, truques e idéias na seção de comentários acima ou enviar apresentações, perguntas ou idéias do artigo para: ficarbem@live.com