Como os cristãos podem usar as mídias sociais sem perder sua alma?

3/09/2019 Lenny Iwatani 13 Comments

Então, como podemos usar as mídias sociais?

Estamos sempre sendo avisados ​​sobre os perigos da tecnologia e o impacto negativo que isso pode ter em quase todas as áreas da nossa vida e saúde. Nós não nos tornamos zumbis, exatamente, nos tornamos enredados em um mundo falso que não faz nada para aumentar nossa experiência de vida e este nosso prazer da própria vida. Isso pode ter um efeito prejudicial em nosso bem-estar físico - os efeitos disruptivos que o uso da mídia social pode ter em nossos padrões de sono têm sido amplamente documentados. Isso pode afetar nosso bem-estar emocional - Nós somos contribuidores tanto quanto nós somos espectadores quando se trata de mídia social.
A mídia social será conhecida no futuro como um dos maiores danos à nossa consciência coletiva. As mídias sociais estão erradas de acordo com a ética da Terra e, portanto, devem ser usadas com moderação, se houver. Ou, talvez, para escrever com mais precisão, as mídias sociais podem infectar todas as interações com seu próprio tipo de contágio viral.

A mídia social criou enormes oportunidades e desafios para os cristãos deste século: 
A coisa mais importante que precisamos entender é que o problema não está nas mídias sociais - está conosco. Mas se quisermos ser bons administradores de nossas plataformas digitais, podemos aprender a usar as mídias sociais sem perder nossas almas.

Esforce-se pela Conexão, não pela Atenção: 
Existem dois tipos de usuários de mídia social: um que segue com uma perspectiva “olhe para mim!” E aquele que segue com uma perspectiva “vamos nos conectar”.Isso não significa que você não possa compartilhar seu trabalho com outras pessoas on-line. Isso significa que você não deve usar curtidas e comentários como validação para si mesmo.

A violência é um conceito muito amplo e também é difícil de definir:
Uma vez que pode ser usado contra objetos não humanos. Além disso, o termo pode denotar uma ampla variedade de experiências, como derramamento de sangue, danos físicos, forçando contra a liberdade pessoal, conduta ou linguagem passional, ou emoções como fúria e paixão.


Existem três maneiras pelas quais podemos nos envolver com qualquer tipo de tecnologia, incluindo mídias sociais

1 - Nós podemos ser escravos:
Os escravos das mídias sociais o abraçam indiscriminadamente, sem se preocupar com o modo como ele molda nosso caráter ou como ele se conecta à criação de discípulos. Esse não é o caminho da sabedoria.

2 - Nós podemos ser solitários:
Solitários abandonam a mídia social inteiramente, sem se preocupar com os bons elementos que podemos perder. Esse não é o caminho da oportunidade.

3 - Nós podemos ser mordomos: 
Este é o caminho da sabedoria e da oportunidade. Os administradores das mídias sociais reconhecem as recompensas e os riscos - os deveres e os perigos - do consumo digital em um mundo decadente. Enquanto examinamos regularmente nossos corações, mantemos o evangelho na vanguarda de nossas mentes à medida que nos engajamos no mundo digital.

Precisamos despertar nossos sentidos para evitar o tédio que as plataformas de mídia social inspiram em nossas almas, a mesmice que pode se espalhar em nosso círculo social da vida real. Vamos doar amor não armas.


Estamos vendo coisas sem valor para nossas almas sendo disseminadas nas mídias sociais, especialmente armas, guerras, sangue, cristãos que celebram a violência especialmente jovens com menos de 30 anos de idade. A juventude dessa geração nunca experimentou uma vida sem selfies ou smartphones, as fotos do Instagram que os fazem parecer glamourosos. Antes de postar, faça algumas perguntas de diagnóstico para garantir que vale a pena: isso é verdade? Isso é edificante?

Então, quais são algumas dicas práticas de como usar as mídias sociais sem perder nossas almas? 

13 comentários:

  1. Boa reflexão, antes de usar as mídias sociais, ter a certeza se a postagem é edificante, vai passar algo positivo.
    Me preocupo bastante com isso.

    ResponderExcluir
  2. Acho que as mídias sociais têm a sua utilidade, mas devem ser usadas com moderação. Não podem se tornar viciantes a ponto das pessoas piblicarem bobagens que em nada acrescentam às suas vidas.

    ResponderExcluir
  3. As mídias sociais possuem muitos pontos positivos, mas, ao meu ver, os pontos negativos (ainda que poucos) possuem um peso muito maior. Infelizmente as pessoas não valorizam tanto um elogio, por exemplo, mas quando são atacadas virtualmente acabam se afogando em uma baixa estima que pode levá-las a quadros depressivos ou outros transtornos, esquecem-se das coisas boas que são por um simples comentário. Por isso devemos exercer o que a Bíblia sempre deixou claro, a sabedoria e o amor para com o próximo! Isso inclui nossa vida online...

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que usar as mídias nos dias de hoje é importante, a mídia é muito útil, só não podemos viver pra mídia, muitas pessoas deixam de viver a vida em função dela, eu tento não me envolver muito com ela, mais gostei muito das dicas o seu post nos trás uma reflexão sobre o assunto, bjs.

    ResponderExcluir
  5. ótimo artigo. É preciso gerenciar o tempo que passamos nas midias sociais tbm. Estamoso tempo todo online e esquecemos de fazer algo, de passar tempo de qualidade com familiares, filhos e etc. As crianças nao brincam mais na rua.Tudo é preciso equilibrio.

    ResponderExcluir
  6. As mídias sociais são de extrema importância e necessárias, pois nos dias em que a tecnologia está presente elas fazem parte do nosso cotidiano, mas elas precisam ser usadas com prudência, para não nos prejudicar em determinados momentos.

    ResponderExcluir
  7. Uma boa reflexão, temos que saber usar as mídias sociais, seja a trabalho ou para entretenimento. No ano passado cinco casais evangélicos daqui se separaram por não saberem usar as redes sociais. Quantas notícias vemos todos os dias na TV que são preocupantes! Todo cuidado é pouco!!

    ResponderExcluir
  8. Olá tudo bem ....
    Na verdade as redes sociais sendo bem utilizada é a muita serventia independentemente do público no entanto cada um tem o seu limite...
    www.robsondemorais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Excelente reflexão! É preciso ter muita atenção para não cair com a vaidade, que tem adoecido muitas pessoas com o uso das redes sociais!

    ResponderExcluir
  10. Olá!Realmente as mídias sociais são necessárias,porém não devemos fazer delas uma prioridade.
    As pessoas expõem suas vidas pessoais,esquecem o verdadeiro sentido do amor e união da família.
    Bem reflexivo seu post!pois vemos nossos jovens cada vez mais viciados no mundo virtual e não percebem que a vida é bem mais que isto.
    Acho que para não perder nossas almas com as mídias,temos que ter controle quanto ao uso e principalmente cultivar nosso amor ao próximo e manter nossa família sempre unida com amor,respeito,responsabilidade,temos que ter sabedoria para conciliar este mundo virtual sem interferir nossa vida pessoal.
    Excelente post! Bjss

    ResponderExcluir
  11. O mundo está perdido,enquanto pessoas não são cuidadosas com as redes sociais, elas perdem suas salvação de bobeira, pessoas que estão muito envolvidas no medo que estão a existir neste mundo, uma violência tão esmagadora e o esquecem de agradar a Deus.

    ResponderExcluir
  12. Acho que as mídias sociais são importante , sendo usadas com responsabilidades , para o bem e com moderação .

    ResponderExcluir
  13. Concordo que temos que saber usar a rede social para não passar coisas ruins. Eles vêm para criar grupos que estão vandalizando as coisas, eles querem ser os santos do mundo ou fazem o jungano errado.Parabéns pelo lindo post.

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para compartilhar seus pensamentos, dicas, truques e ideias na seção de comentários acima ou envie (blogficarbem@gmail.com)