A rede social está escondendo curtidas para o benefício de sua saúde mental

10/30/2019 Lenny Iwatani 12 Comments

“A mídia social mudou drasticamente a maneira como socializamos, nos comunicamos e formamos relacionamentos. Seu impacto não pode ser subestimado. Enquanto navegamos nesses novos espaços digitais que têm muito a oferecer, devemos conversar sobre como isso pode afetar nossa saúde mental.


Verificar constantemente a imagem postada mais recente, aguardar mais curtidas e comentários pressiona o ambiente. Um ambiente em que os adolescentes julgam seus amigos pelo número de seguidores que possuem. As pessoas excluem postagens porque não receberam curtidas suficientes.

Infelizmente, também foi fácil para as pessoas comprar seguidores, curtidas e comentários para induzir os consumidores a pensar que suas páginas ou postagens eram mais fortes do que realmente eram. Para um ganho financeiro na maioria das vezes, devo acrescentar também. Essa mudança é desviar o foco dos números, forçando as empresas a olhar mais de perto o conteúdo, não a análise - se elas gostam da aparência de alguém, acompanhem-na.

Examine os efeitos positivos e negativos das mídias sociais na saúde dos jovens, incluindo uma tabela de plataformas de mídias sociais de acordo com o impacto na saúde mental dos jovens.

O YouTube é o mais positivo,o Instagram  sendo os mais prejudiciais à saúde mental e ao bem-estar dos jovens.

A sociedade agora apela às empresas governamentais e de mídia social para ajudar a promover os aspectos positivos da mídia social para os jovens, enquanto se refere a potenciais negativos.

A popularidade dos adolescentes bate forte, especialmente nessa idade. Segundo uma pesquisa recente, o Instagram está associado a altos níveis de depressão, bullying ou ansiedade.

Eu também penso de uma perspectiva de auto-estima e motivação, porque hoje em dia estamos tão envolvidos e intimamente envolvidos em nossas plataformas de mídia social, é uma atitude positiva incentivar as pessoas a separar a auto-estima e o valor dos números na tela.

"A mídia social tem sido descrita como mais viciante do que cigarro e álcool".
As mídias sociais estão enraizadas na vida dos jovens que não podem mais ser ignoradas quando se fala em jovens. Problemas de saúde mental. Por meio do Movimento Juvenil, em uma pesquisa, os jovens disseram que as mídias sociais tiveram um impacto positivo e negativo em sua saúde mental. Focado na imagem por falta de curtidas, parece que eles podem estar gerando sentimentos de ansiedade nos jovens.

YouTube (mais positivo)
Twitter
Facebook
Snapchat
Instagram (mais negativo)

Socializar atrás de uma tela também pode ser um isolamento único, obscurecendo os desafios de saúde mental ainda mais do que o habitual. À medida que a primeira geração de usuários de mídia social envelhece, é importante lançar as bases agora para minimizar possíveis danos e moldar um futuro digital saudável e próspero. 
O Facebook (FB) disse que está expandindo seu teste de sabor oculto para mais países, incluindo Irlanda, Itália, Japão, Brasil, Austrália e Nova Zelândia. É uma tentativa de ajudar a reduzir a pressão para acumular curtidas na plataforma.

Além disso, o Instagram está adicionando um modo "Restringir", projetado para combater os invasores. Quando você restringe outro usuário, os comentários nas suas postagens dessa pessoa são visíveis apenas para ele, não para outras pessoas. Usuários restritos também não poderão ver se essa pessoa está ativa no Instagram ou se eles leram suas mensagens diretas.

Os gostos, que aparecem como corações no Instagram, são frequentemente usados como medida de popularidade.

12 comentários:

  1. As redes sociais possuem um papel dúbio nos dias de hoje, aproximando e afastando pessoas. É bom ter novos recursos, mas precisamos aprender a filtrar a realidade do ilusório.

    ResponderExcluir
  2. oi!
    Eu nunca fui de ficar me preocupando por likes, mas acho super valido o instagram esconder o like pois tinha muita concorrência nas redes sociais, pessoas faziam de tudo por likes.

    ResponderExcluir
  3. Nos dias de hoje as redes sociais estão virando vício para as pessoas, há pessoas que não vivem sem ir as redes estão sempre preocupadas com quantos likes e comentários vão receber nas suas postagens, e com isso acaba prejudicando a saúde, e se afastando do convívio familiar bjs.

    ResponderExcluir
  4. Este é um assunto muito sério e deve aer tratado com muito cuidado. O ser humano por natureza é vaidoso e se não for educado para usar as mídias teremos cada vez mais problemas! Fico feliz em saber que as plataformas já estão se mobilizando em torno do tema!


    Até breve!!

    ResponderExcluir
  5. Esse texto é muito importante pois é um debate que devemos enfatizar todos os dias... as redes estão nos deixando doente e certamente o Instagram contribuiu demais para isso.

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Essa questão das mídias sociais para a saúde mental é realmente um fato que pode gerar muitas discussões e que tem feito, muitas vezes, mal para as pessoas, principalmente para os adolescentes que se "medem" muito por elas. É necessário que tenhamos um debate sobre isso, pois situações drásticas já estão acontecendo. O fato do instagram ter tirado os likes já foi algo positivo, pois aquela disputa por "curtidas" de certa forma diminuiu. Arrasou no post, muito importante!

    ResponderExcluir
  7. Ola tido bem?
    Este post foi uma otima feflexao a respeito do modo que as redes sociais nos impactam.
    Muitas vezes as pessos disputam a quantidade de seguidores e nao nao qualidade de vida.

    ResponderExcluir
  8. As redes sociais estão exercendo um poder mental muito grande. Elas ajudam mais atrapalham muito também.E preciso ter coerência e limites para não afetar a saúde mental.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?

    Eu acho isso super válido, pois há uma competição exacerbada no instagram em vários nichos e também existe aquele preocupação de números e mais números. O próximo passo é sumir com o número de seguidores..
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. As redes sociais foram criadas para ajudar e influenciar positivamente, mas estão tendo um impacto muito grande e negativo. Achei muito bom seu post e a reflexão.

    ResponderExcluir
  11. Isso do Instagram ser o mais tóxico concordo plenamente, fui afetada por ele, na verdade pelos usuários e suas vidas perfeitas a base de 1001 filtros diferentes. Excluí a minha conta para o meu bem. Estou preferindo apenas o Youtube e o Facebook. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá! Acho que não devemos examinar só o que acontece na cabeça dos jovens, as crianças estão nesse mundo e a cada dia há mais pressão sobre o que fazem alí. E muitos adultos estão surtando por não terem uma vida perfeita por ver apenas a falsa perfeição que cada rede social mostra.
    beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para compartilhar seus pensamentos, dicas, truques e ideias na seção de comentários acima ou envie (blogficarbem@gmail.com)