Transforme erros em experiências de aprendizagem positivas - Ouvindo

8/23/2020 Ficar Bem 10 Comments

Certos tipos de pessoas gostam de correr riscos, enquanto outros preferem a estabilidade e são avessos a qualquer tipo de risco. Se você não sabe para onde está indo, qualquer estrada o levará até lá. Não ter certeza sobre nossos objetivos pode nos deixar frustrados, estressados e exaustos.

Dizer que sempre foi assim só faz você parecer preguiçoso e resistente a mudanças; por outro lado, também pode fazer seu chefe se perguntar por que você não tentou fazer as coisas melhores e diferentes por conta própria. Se você está realmente fazendo as coisas da maneira que sempre foram feitas, é quase certo que haja uma maneira melhor.

A maneira mais fácil nem sempre é a melhor escolha:
Cada vez que você escolhe fazer o que é mais fácil, ao invés do certo, você está moldando sua identidade, “tornando-se o tipo de pessoa que faz o que é fácil, ao invés do que é certo”. Um tomador de risco é alguém que arrisca tudo na esperança de realizar ou aceita um maior potencial de perda nas decisões e tolera a incerteza.

O sábio aprende com os erros dos outros:
O sábio aprende não apenas com seus próprios erros, mas também com os erros de outras pessoas. O problema é que algumas pessoas se tornam excessivamente gananciosas e perdem de vista os riscos.

Aprender com os erros dos outros é muito mais barato do que aprender com os seus próprios. Se você deseja chegar aonde deseja, precisa fazer o que é certo. É assim que a autodisciplina é construída. Você gasta tempo e coloca um tijolo de cada vez - especialmente quando não tem vontade.

Lembre-se de que tudo o que fazemos hoje afeta quem nos tornamos amanhã:
 A mudança impulsionada pela tecnologia está acontecendo tão rápido que até mesmo um processo de seis meses é afetado pelos negócios de maneiras consideradas e pode estar desatualizado. Essas muitas lições levam você exatamente onde você está. Isso determina diretamente a qualidade de nossas vidas.

Evitar a estupidez é mais fácil do que buscar o brilho:
Basta saber assumir o papel de vítima de uma discussão e em um instante nosso interlocutor aparecerá autoritário, hostil ou mesmo agressivo. Lembrando que as correntes de ressaca estão sempre se movendo. A questão é que muitos de nós somos amadores, mas nos recusamos a acreditar nisso.

Nossas vidas quase certamente já têm alguns lados extremamente significativos, mas podemos não estar valorizando, entendendo ou apreciando isso corretamente."Mudanças incríveis acontecem em sua vida quando você decide assumir o controle do pouco que conquistou, em vez de querer controlar o que não tem."O fracasso é um pré-requisito para o sucesso na vida. Aqueles que não tentam são aqueles que não conseguem. Os mais bem-sucedidos entre nós são, sem exceção, aqueles que mais falharam.

O problema que a maioria das pessoas não escuta para entender; eles ouvem com a intenção de responder:
A maioria das pessoas não foi criada ou treinada para aceitar críticas. Se as pessoas ouvirem apenas comentários negativos, elas vão hesitar no futuro e podem até desistir de tudo, elas assumem uma postura mental defensiva e muitas vezes física.

É fácil encontrar alguém que lhe diga o que você quer ouvir, mas seu verdadeiro aliado é aquele que lhe diz o que você precisa aprender. Os únicos erros na vida são aqueles com os quais você não aprende.Há uma luz no fim do túnel, então não se preocupe.É no túnel que você descobre coisas sobre você que nunca descobriria por si mesmo.

10 comentários:

  1. Concordo com essas reflexões, aprender com os erros dos outros,muitas vezes para nós é mais fácil apontar esses erros,do que perceber que também somos passíveis de cometê-los.Acho que depois de focarmos em nossos objetivos, ficar atentos aos erros e acertos,nossos e doa que nos cercam,é uma das melhores formas de alcançarmos, o que desejamos para nós.Gostei muito do artigo objetivo e útil.

    ResponderExcluir
  2. Verdade querida você sempre encontra pessoas que querem te agradar, e te fala o que você quer ouvir! mas o verdadeiro amigo é aquele que diz o que você precisa ouvir, mesmo que nós não gostamos de ouvir, só assim vamos aprender, concordo com você os únicos erros são aqueles que não se aprende, sempre há uma luz no  final do túnel, parabéns pelo post, uma reflexão para todos nós, beijinhossssssssss

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Eu sou o tipo de pessoa que prefere estabilidade,não gosto de correr riscos. Mas sempre que tenho dúvidas sobre algo busco a opinião de meus país, pois sei que eles são meu porto seguro.
    Mas também aprendo com erros e busco não repetir..

    ResponderExcluir
  4. Acho que a vida é uma senhora escola para nós com o nossos erros a gente aprende tanto e nos faz ficar mais cauteloso com tudo até mesmo com as pessoas em si... adorei a reflexao... Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Eu gosto de arriscar e ver jonaue vai dar mesmo que não dê em nada! Sigo sempre a minha intuição. Os erros fazem parte do processo e aquando acontecem também são uma forma de aprender a lição pra que não se repita mais, além de trazer amadurecimento e maturidade. Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Esse artigo ficou muito bem escrito. Eu acredito que possa ajudar muito pessoas a como se comportar de forma mais sociável principalmente no ambiente de trabalho.
    Me lembrou muito um curso que fiz sobre inteligência emocional no começo da pandemia.❤❤
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que post mais significativo e importante. Cada reflexão que você trouxe pode ser levada para vários momentos de nossa vida e nos inspirar para mudarmos. O ser humano realmente não foi criado para ouvir críticas e esse é um grande problema, pois ele acaba se limitando e achando que só as pessoas que elogiam estão do seu lado, quando muitas vezes é o contrário. Aprender com os erros alheios também é uma coisa que deveríamos fazer mais, pois assim iríamos evitar algumas decepções e sofrimentos. Amei demais seu post, arrasou!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Achei bem interessante essas reflexões. Acredito que tudo o que acontece em nossas vidas pode ser transformado em aprendizado. Algumas vezes aprendemos com acontece com a gente, mas também é possível aprender observando os outros. Uma pena que nem sempre nos lembramos desse detalhe. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  9. Uma coisa que me chamou a atenção é a questão de ouvirmos com a intenção de responder. Precisamos aprender a ouvir mais com empatia. O falar é prata mas o ouvir é ouro.post muito bom e cheio de dicas que agregam muito valor e nos fazem refletir.

    ResponderExcluir
  10. Olá, é definitivamente mais lucrativo aprender com os erros dos outros. Mas também se formos empresários ou funcionários em uma relação de dependência, precisamos apelar para a audácia, paciência, disciplina e dedicação, para ousar e passar para o próximo nível.

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para compartilhar seus pensamentos, dicas, truques e ideias na seção de comentários acima ou envie (blogficarbem@gmail.com)